domingo, 5 de março de 2017

SENHOR BRUNO DE CARVALHO..."NÃO HAVIA NEXEXIDADE-e-e"

Resultado de imagem para bruno de carvalho após a vitória nas eleições
Vitória sem contestação do Senhor Bruno de Carvalho, líder da Lista B, que foi neste sábado, dia 4 de Março de 2017, reeleito presidente do Sporting CP, para os próximos quatro anos, ao vencer as eleições, com a sua Lista B, a superar com 86,13 por cento dos votos, contra a Lista A, do Senhor Pedro Madeira Rodrigues, que teve 9,49 por cento dos votos.
Após terem sido dado a conhecer os resultados das eleições a todos os presentes, quer em especial ao elevado número de adeptos e associados sportinguistas, que se registavam e que esperaram algumas horas com alguma ansiedade, em redor das instalações do Estádio José de Alvalade, e a toda a imprensa presente, quer escrita, quer falada, mas em especial aos diversos canais de televisão que estiveram presentes a fazerem as respectivas reportagens deste acto eleitoral, e que não arredaram pé, até todos saberem os respectivos e ansiosos resultados, já até altas horas da madrugada deste domingo, neste acto eleitoral com a maior afluência recorde de 18755 votantes, que obrigou a adiar sucessivamente a divulgação da Lista vencedora. Recorde este que foi ultrapassado desde do acto eleitoral referente ao ano de 1988.
E, os números dos votos, de cada lista candidata, e de acordo com os resultados oficiais, que foram divulgados, pelo Senhor Jaime Marta Soares, digníssimo presidente da Mesa da Assembleia Geral, seguiram-se os habituais discursos. Primeiro do candidato vencido da Lista A, Senhor Pedro Madeira Rodrigues. 
E finalmente o discurso de vitória do reeleito presidente Senhor Bruno de Carvalho, perante o entusiasmo dos adeptos sportinguistas, que decerto já esperavam a respectiva vitória do candidato da Lista B, 
Como adepto do desporto antes demais os meus parabéns ao vencedor, e os maiores êxitos desportivos para este jovem presidente, em prol do desporto português, mas em especial, para que com o seu esforço, trabalho e dedicação de toda a sua equipa directiva, possam todos contribuir para cada vez mais tornarem a grandeza de um clube com a bonita idade de 111 anos, ainda maior.
Apenas de lamentar, para o discurso feito pelo Senhor Bruno de Carvalho, que no meio de alguma euforia, própria de um vencedor, mas cheia de recados impróprios (digo eu), e de alguma linguagem menos própria que utilizou, em especial ao dirigir-se no final do seu inflamado discurso de vitória e de uma forma menos correcta, e numa linguagem pouco digna para o lugar, que ocupou e que vai ocupar, e dirigida para todos aqueles que não são os verdadeiros “sportinguistas”,  que me recuso aqui de reproduzir…não que tenha vergonha, mas por respeito aos leitores. Somente desconhecida por todos aqueles que não estiveram ou que não assistiram, às suas últimas frases do seu discurso final., que foi e passo a citar...já sem qualquer vergonha da minha parte..."Vou dizer uma frase que ficou conhecida com o meu tio-avô, que foi Pinheiro de Azevedo, primeiro-ministro deste país. O que ele disse foi "Bardamerda" para todos aqueles que não são do Sporting Clube de Portugal.
Senhor Bruno de Carvalho, numa noite de glória, para si e toda a sua equipa que o vai acompanhar nos próximos anos e que saíram vencedores, com toda a dignidade, deste acto eleitoral, e até para o bom nome do próprio Sporting CP, e, como disse uma vez, ao ter afirmado um dos grandes humoristas do nosso País de seu nome Herman José…
” NÃO HAVIA NEXEXIDADE-e-e“.

(Texto-opinião, publicado na edição do Jornal de Notícias de 16 de Março de 2017)

MÁRIO DA SILVA JESUS

3 comentários:

  1. Mais uma vez um comentário oportuno do Mário, que, lamentavelmente, a comunicação social não deu o devido destaque, de acordo com a forma rasteira e subserviente com que muitas vezes funciona.

    ResponderEliminar
  2. Para o homem que prometeu ganhar, por várias vezes, a Liga nos próximos anos ( e escrevo na segunda feira): o "meu" Vitória, ontem à noite, já começou a desnudá-lo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O homem que comanda o clube verde é um gaiato irresponsável e, como se julga importante, foi buscar e arremedar uma frase do seu tio avô, Almirante Pinheiro de Azevedo, um militar sem papas na língua, que quando, numa manifestação popular, lhe chamaram fascista, ele respondeu; "badamerda para o fascismo". Isto não tem nada a ver com a situação em que este pronunciou a frase com que pretende maltratar quem não simpatize com o Sporting. Mas como Deus escreve direito, mesmo com linhas tortas, lá veio da cidade berço uma lição para lhe refrear os ânimos. Parabéns ao Vitória que ajuda a educar "meninos malcriados". É a vidinha na Portulândia, no seu máximo esplendor.

      Eliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.