terça-feira, 21 de março de 2017

Um trio que inspira terror

Um vulgar acontecimento ocorrido no ponto mais recôndito do Globo pode ser observado, e comentado, de imediato em todos os sítios.
Logo, por mais que se queira esconder o dito acontecido, o mesmo pode ser escrutinado até ao limite, para o bem ou para o mal, tendo em conta o ponto de vista de quem dele tomou conhecimento.
Portanto, face a tanta tecnologia posta à disposição do homem e por ele engendrada, mais do que nunca, não se pode esconder seja aquilo que for, metendo a cabeça na areia, como erradamente se diz que a avestruz o faça.
Por isso, temos de estar muito atentos às provocações que certos potenciais tiranos nos vão fazendo.
Assim, por todos os meios ao nosso alcance, devemos neutralizá-los, se possível, sem perda de vidas.
Neste momento, estamos a lembrarmo-nos de um trio que inspira muito terror, dada a perigosidade do mesmo: Recep Tayyip Erdogan – ofensivo q.b. que quer instaurar a pena de morte no seu redil -, Kim Jon-un - o louco dos mísseis balísticos -, e Donald Trump – o construtor de muros da vergonha -.

José Amaral

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.