terça-feira, 18 de abril de 2017

A 18 de Abril de 1842, nasce Antero de Quental

Resultado de imagem para Antero de Quental



A 18 de Abril de 1842, nasce em Ponta Delgada, o escritor e poeta português Antero Tarquínio de Quental. Teve um papel importante no movimento da Geração de 70. Os seus livros Odes Modernas e A Dignidade das Letras e as Literaturas Oficiais, ambos de 1865, estiveram implicados na Questão Coimbrã.
Faleceu a 11 de Setembro de 1891
As suas obras são:
Sonetos de Antero, 1861
Beatrice e Fiat Lux, 1863
Odes Modernas, 1865 (na origem da polémica Questão Coimbrã). Reeditados em 1875
Bom Senso e Bom Gosto, 1865 (opúsculos)
A dignidade das Letras e as Literaturas Oficiais, 1865 (na origem da polémica Questão Coimbrã)
Defesa da Carta Encíclica de Sua Santidade Pio IX, 1865
Portugal perante a Revolução de Espanha, 1868
Primaveras Românticas, 1872
Considerações sobre a Filosofia da História Literária Portuguesa, 1872
A Poesia na Actualidade, 1881
Sonetos Completos, 1886
A Filosofia da Natureza dos Naturistas, 1886
Tendências Gerais da filosofia na Segunda Metade do Século XIX, 1890
Raios de extinta luz, 1892
A Bíblica da Humanidade
Leituras Populares
Liga Patriótica do Norte



1 comentário:

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.