segunda-feira, 17 de abril de 2017

AS MINHAS AMIGAS E O TERRORISMO

As minhas amigas respondem-me mas estão confusas. O fascista Erdogan eterniza-se na Turquia. Por cá os telejornais enchem-nos de crimes. Cães assassinos largam as bombas de Trump, do Ocidente, de Alá, da Coreia do Norte. A Síria e os refugiados agonizam. Já se fala em terceira guerra mundial. Os comentaristas do mercado andam aos papéis. Por outro lado, em França Mélanchon avança. Abrem-se novas esperanças. Ou. Ou. Ou pertences à vida ou pertences à morte.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.