quinta-feira, 13 de abril de 2017

CLAQUES, TENHAM MAIS VERGONHA E MAIS RESPEITO


Resultado de imagem para super dragões e os canticos chapecoense
Já foi devidamente divulgada por toda a imprensa, tanto escrita como falada, isto é, mais propriamente, através dos canais de televisão, e como tal sendo já do conhecimento público e já devidamente repudiada, até pela própria direcção do clube azul e branco, o que se pode considerar como vergonhosa a atitude que se passou no decorrer do jogo de andebol, a contar para o grupo A, de apuramento do campeão nacional da modalidade e referente à quarta jornada, realizado no Pavilhão Dragão Caixa, no Porto, entre o FC Porto 30 SL Benfica 27, por parte da claque dos portistas, os denominados “Super Dragões”, que quando o seu clube, o FC Porto, estava em desvantagem no marcador, entoaram cânticos pouco dignos, que deveriam fazer corar de vergonha todos aqueles adeptos, que numa só voz, entoaram de forma, que não tenho adjectivos para classificar tal atitude…e passo a citar…”Quem me dera que o avião da Chapecoense fosse o Benfica”. Não foi somente a falta de respeito…mas, será que ainda há respeito algum por qualquer adversário que defronte aquele clube, tipo, passe a péssima comparação e reputação, com o que se passa e se vive em relação, com o Canelas 2010 (Gaia). É de louvar contudo  e cujo elenco directivo do FC Porto, já veio a publico, e muito bem, demarcar-se com tal atitude provocatória dos seus adeptos e claque, em especial, para com os malogrados jogadores brasileiros, que foram vítimas do acidente de aviação, ocorrido a 29 de Novembro de 2016, ocorrido na Colômbia, quando se deslocavam para disputar a final da Copa Sul-Americana de futebol frente ao Atlético Nacional. Haja, mais respeito pelo menos por todos aqueles que infelizmente perderem as suas vidas, no brutal acidente, porque os que ainda estão vivos, neste caso os representantes do SL Benfica, ainda têm estofo e estaleca e infelizmente,  já estão habituados…o mesmo devo confessar, acontecesse em relação com os adeptos portista que são igualmente e indevidamente insultados quando visitam outros, estádios e pavilhões.
Tal como noutras vezes tenho vindo a culpar os nossos dirigentes do futebol português, que precisam de darem o exemplo para estabilizarem e darem mais credibilidade, de igual modo, da parte doentia vinda de alguns sectores de adeptos deveria ser mais controlados e contidos nas suas agressões verbais…chamo a estes adeptos, de doentes e só tenho este adjectivo, e já agora aconselho-os e precisam urgentemente de serem marcadas, quando antes, para que a doença não se agrave e tenham contornes ainda piores de mais, de lhes sejam marcadas umas consultas, no Hospital Psiquiátrico Conde de Ferreira.

Mário da Silva Jesus












Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.