terça-feira, 25 de abril de 2017

                                          Para mono já tivemos…

Confesso que não entendo as frequentes “reclamações” acerca da facilidade com que o presidente Marcelo aparece e fala um pouco por todo o lado…
Não tendo votado nele, não tenho, até hoje, o mais pequeno reparo ao modo como vem exercendo a sua função.
De facto, dizer-se, como tenho lido, que aparece de mais, que fala de mais, que invade a esfera do Governo, enfraquecendo assim o seu poder de influência, parece-me um rematado disparate.
Que o homem fale e apareça sempre e onde bem lhe apeteça, que não invade coisa nenhuma nem enfraquece o que quer que seja. Para mono já tivemos que chegasse!


                                                Amândio G. Martins

1 comentário:

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.