quarta-feira, 26 de abril de 2017

                       É o cão que é perigoso ou será o dono…

Um cretino trazia solto no espaço público um cão classificado como perigoso, que mutilou gravemente uma criança, mas tem o desplante de dizer que os factos relatados pela Comunicação Social não correspondem à verdade, pelo que quer dar a sua versão.
Perante tal subespécie de gente, não ficarei espantado que, na sua versão, a criança é que terá mordido o cão, que não se ficou…
Os cães são o que são; os criadores das diversas raças dizem que não há cães perigosos, os donos é que o podem ser; perante o comportamento inqualificável deste sujeito, sou levado a concordar.

                                            Amândio G. martins


2 comentários:

  1. Perante o que se passou são perigosos ambos. Um porque é apenas um animal irracional e o outro porque é um animal que não usa o raciocínio.

    ResponderEliminar
  2. E ainda o pai da infeliz vítima que, em vez de a defender do eminente perigo, se pôs a filmar o acontecimento. Isto é, esteve mais preocupado em fotografar a acção do que em defender a filha.

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.