sábado, 22 de abril de 2017

Sarampo e tabaco


À luz dos conhecimentos científicos actuais, a vacinação contra o sarampo é útil à Saúde Pública, tanto como o tabagismo lhe é prejudicial. Convém dizer que nem sempre se pensou assim. Mas o mundo é como é, e, de momento, enquanto cidadãos responsáveis, temos de agir e pensar nesse contexto. Não foram necessários grandes debates sobre a proibição de fumar em determinados espaços. Porquê, então, tanta controvérsia sobre a obrigatoriedade da vacinação? Sem tergiversações nem consulta prévia, decidiu-se que os fumadores abdicassem das suas liberdades individuais, aliás muitíssimo respeitáveis, em favor do bem público. E alguém questionou a penosa retirada dos “direitos adquiridos” aos tabagistas? Para não se violarem consciências impondo obrigações legais, poderia começar-se pela exigência de certificados de vacinação no ingresso às escolas. Seria apenas o exercício de um inalienável direito de admissão.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.