segunda-feira, 10 de abril de 2017

Venha o diabo e escolha


O sempre mal-intencionado ministro das finanças alemão – Wolfgang Schaüble – afirmou, como era de esperar, não ter encontrado nenhum insulto nas ‘mui afectuosas’ afirmações, que o mal-encarado e desprezível presidente do Eurogrupo – Jeroen Dijsselbloem – teceu sobre todos nós, em que gastamos todo o dinheiro em ‘mulheres e copos’.
Só pelas afirmações conluiosas destes dois dirigentes europeus se vê o nível intelectual, político e divisionista que norteiam as instituições que estão à frente dos nossos comuns destinos.
No que me diz respeito, na tasca, gasto e bebo pouco; com mulheres, nunca frequentei os lupanares de Amsterdão nem quejandos. Há muito que só tenho uma e única mulher, mas gastamos a meias com o dispêndio do pão-nosso de cada dia, com um copito à mistura.
Haja, pois, santa paciência para ouvirmos bestas do jaez deste par de energúmenos.

nota - texto publicado na íntegra pelo PÚBLICO de 12/4/2017

José Amaral

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.