segunda-feira, 3 de abril de 2017

Voltando à vaca-fria

Apesar da talvez boa vontade governamental em bem alienar o mal nascido Novo Banco, parece-nos que o principal e único comprador saiu altamente beneficiado, isto é, se vai ficar com 75% da dita instituição bancária por 1 000 milhões de euros ‘aos soluços’, enquanto o Estado com 25% vai injectar 4 000 milhões através do Fundo de Resolução, logo os 75% corresponderiam a 12 000 milhões e não aos 1 000 milhões como foi acordado.
Com negócios assim não veremos o fim da nossa desgraça colectiva. Parecem areias movediças; quanto mais nos mexemos, mais nos enterramos.

nota: pulicado no PÚBLICO de 4/4/2017

José Amaral

1 comentário:

  1. E o Ricardo Salgado Salgado ( à porta do tribunal...) comentou (!!) que foi um mau negócio... E culpou "tudo e todos" pelo que se passou no BES. Bom negócio era com ele, pois claro!... Mas continua a ir à missa na sua capela particular!

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.