quarta-feira, 31 de maio de 2017

Desejável e honroso é colocar nomes!

Ontem (30/Maio) foi escrito e publicado na Voz da Girafa um texto do José Amaral intitulado "Serão práticas indesejáveis ou evitáveis?". Até agora tem um único comentário, laudatório, do Jorge Morais. Como não acho que seja assunto para comentar ( não é uma foto, um texto de opinativo, uma ideia, uma efeméride, etc) numa simples "caixa", decidi vir dizer ao autor que acho a sua iniciativa "redonda", claramente sinuosa e, aqui e ali, insultuosa. E, para além de tudo isso, tem um "pecado capital" que é próprio dum homem que se permite escrever o que e como o escreveu: não diz um único nome na sua diatribe! E este é um ponto de desonra para qualquer pessoa que escreva, seja o que for, referindo-se a "alguém indeterminado"!

Fernando Cardoso Rodrigues

5 comentários:

  1. Caro Fernando,
    Só para acrescentar que o texto do José Amaral a que se refere já tem mais um comentário, que é o meu.

    ResponderEliminar
  2. Calou fundo do meu ser a 'diatribe' e a 'desonra' ao referir-me a 'alguém indeterminado'.
    E estou sempre a pensar - já há uns tempos a esta parte - em não escrever nada que colida com 'alguém indeterminado'.
    E, o que escrevo, não é 'próprio de um homem que se permite escrever o que e como escreveu'.
    Já agora pergunto: como devo ESCREVER?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Escreva como entender mas... ponha o nome das pessoas a quem se refere sem a designar pelos ditos! Sem mais delongas e como exemplo: quem é a "espécie de inquisidor mor" a que se refere no seu texto? É tão fácil fazê-lo, é só escrever um nome!

      Eliminar
  3. Vejo, infelizmente sem espanto, que o José Amaral não se dispõe a colocar nomes a quem se refere, nem a mudar o uso das suas "metáforas coloridas ( mas sem propriedade semântica) como é o caso do "abcesso". "Atira a pedra e esconde a mão" e insulta sob a capa dum "sem intenção" "santarrão e pusilânime".

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.