quarta-feira, 3 de maio de 2017

É inacreditável


É inacreditável o modo como os responsáveis têm tratado o encerramento do balcão da CGD em Almeida.
Sendo um banco público, deve estar implantado em todas as sedes de concelho, e não deve ser invocado que o balcão em causa tem dado prejuízo nos últimos cinco anos.
Se fosse tido em conta os locais aonde a CGD tem dado prejuízo, a sua sede em Lisboa deveria ser riscada do mapa, dados os megalómanos roubos e prejuízos acumulados, que nela eclodiram.

nota - o PÚBLICO inseriu este meu texto em 5/5/2017

José Amaral

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças. Não diga aos outros o que não gostaria que lhe dissessem. Faça comentários construtivos e merecedores de publicação. E não se esconda atrás do anonimato. Obrigado.