segunda-feira, 22 de maio de 2017

Ecovias

Sabe bem andar nas margens do Lima
Nas vias para isso bem rasgadas
Que o Município mantém cuidadas
Com o brio que se vê e sublinha.

Pena não haver regra que imponha
Com criaturinhas tão desleixadas
Tão grosseiramente incivilizadas
Àquela gente um pouco de vergonha.

Os invólucros de tantos produtos
Mostram gente sem as preocupações
Dos que prezam espaços impolutos.

E se os podem transportar completos
Não podem arranjar justificações
Para não levar de volta os restos!


Amândio G. Martins

6 comentários:

  1. Estou, tristemente, a imaginar! Sabe uma coisa que me fez (boa) impressão, quando vivi na então Alemanha Federal? Nem um papelinho os nossos compatriotas deitavam para o chão! Uma "cuspidelazita" de vez em quando, mas poucas vezes...Até tenho receio de retirar ilacções...

    ResponderEliminar
  2. Mas quando vinham passar férias desforravam-se! E, de certa forma, ainda o fazem, deixando, por exemplo, as viaturas de propósito em contravenção...

    ResponderEliminar
  3. Retiro eu: porcos e perversos. Perversos, porquê? Porque têm consciência que estão a fazer mal. Na Alemanha não o faziam, para não ficarem mal vistos. Também não o fazem, se souberem que levam com a ripa. E isso, pelo vistos, é geral a nível nacional. Aqui é o mesmo. Provavelmente há zonas piores. Ao contrário de muita gente de esquerda, eu, depois de sensibilização e de avisos, sou a favor do chicote. E a rapaziada dos 30 para baixo, são os piores. Evidentemente que os outros têm culpa.

    ResponderEliminar
  4. Mas existe gente que parece que tudo faz de muito correcto, todavia, não é bem assim. Eis a acção verídica presenciada: Um sujeito bem apessoado e de boas maneiras passeando o seu cãozinho, quando este quis satisfazer a suas necessidades, logo que satisfeito, o dito e esmerado dono embrulhou os excrementos e, uns metros à frente, com um contentor do lixo por perto, depositou os ditos excrementos detrás das sebes do jardim. E esta, hein?

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.