quarta-feira, 24 de maio de 2017

Factos alternativos

Agora quem não rouba não é sério
São as proposições da “novilíngua”
Que deixam milhões de seres à míngua
Face a tão desconchavado critério.

Mas não existe aqui nenhum mistério
Tudo se mostra claro como água
Só este povo não suporta a mágoa
De não pertencer ao rico império…

Porque a mentira mais descarada
Tudo controla de forma aturada
Para que os tratantes não padeçam.

São tais os exemplos de falsidade
Que é muito  rara a sociedade
Que ladrões de fraque não enfraqueçam!


Amãndio G. Martins

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.