sexta-feira, 12 de maio de 2017

Médicos e Enfermeiros: diagnóstico, avaliação de diagnóstico e avaliação

O trabalho de Alexandra Campos no PÚBLICO de hoje, dizendo, em título, que "os médicos não querem que os enfermeiros façam diagnósticos", é bem interessante. Até porque, e o texto confirma-o, o que a Ordem dos Médicos diz é bem mais que isso, é também a avaliação do diagnóstico. Só condescende com a avaliação, penso que da doença (algumas) e/ou evolução do tratamento. Um grupo de enfermeiros rebelou-se, julgo que sem razão. A formação universitária e pós-graduada dos dois referidos profissionais de saúde é totalmente de ordem diversa e os enfermeiros bem o sabem. A pergunta-chave( que a jornalista poderia ter formulado) é: algum enfermeiro já levou um familiar a um colega de profissão para diagnosticar uma doença? Adivinho a resposta.

Fernando Cardoso Rodrigues

Nota: este texto foi enviado, há momentos, ao "Cartas ao Director" do PÚBLICO

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.