terça-feira, 9 de maio de 2017

NÃO SOU ADVOGADO DE DEFESA DO TREINADOR DO FC PORTO, MAS...


Não sou advogado de defesa do treinador do FC Porto, mas...
Estamos a duas jornadas do final da I Liga NOS, referente à época de 2016/17. Nada ainda está decidido e como geralmente já é hábito, por parte dos mais entendidos destas coisas futeboleiras, matematicamente ainda tudo poderá ser possível de acontecer, na questão de se encontrar o campeão. E, porque não? Pois, ainda estão em disputa seis pontos, mas evidentemente, tudo parece indicar, pelas contas que a classificação nos apresenta, que o desfecho deste campeonato, parece, ao que tudo indica, está virado para o SL Benfica, sendo, "quiçá" o caminho do próximo título de campeão de futebol profissional, parece estar às portas, e lá para as bandas da 2ª. Circular, mas, mais concretamente, para as cores do clube de Cosme Damião, e mais um título "quiçá" irá para as vitrinas do respectivo Museu, com o nome do citado fundador do clube das "águias". Mas de qualquer maneira, o FC Porto e o seu técnico Nuno Espírito Santo, ainda não atiraram a toalha ao chão, mantendo o seu técnico o mesmo discurso que sempre apresentou desde da primeira hora, que está à frente dos destinos do FC Porto. Trabalho, dedicação, entrega e empenho por parte dos profissionais do plantel dos Dragões, e tem sido esta posição, que Nuno Espírito Santo tomou desde do início da época.

Assim, e, se na eventualidade de o Benfica, vencer já na próxima jornada a realizar-se no sábado, em pleno Estádio da Luz, poderá carimbar o seu título número 36, e sendo assim desta forma, conquistar o tetracampeão, o que poderá se acontecer e concretizar-se, será pela primeira vez na sua história, e na história dos campeonatos nacionais, já realizados nestes 83 anos. Contudo, o SL Benfica, vai ter pela frente, o sempre perigoso e "combatente", Vitória Sport Clube, que tudo irá fazer, com o profissionalismo, dedicação e empenho de todos os seus elementos, que poderão vir a poder estragar a festa dos benfiquistas e assim fazerem adiar o vencedor para a última jornada. Porque, o Vitória Sport Clube é deste campeonato e o 4.º Lugar, já é seu e está garantido, com 62 pontos, e garantiram, inclusivamente a este grande clube, um lugar na Liga Europa. Ah! Não esquecer que irão estar presentes no Estádio do Jamor, na final da prova rainha do futebol português, para disputar, a Taça de Portugal, com o mesmo opositor, do próximo sábado, que é o SL Benfica.
Por último, não sendo contudo advogado de defesa do treinador do FC Porto, de seu nome Nuno Herlander Simões Espírito Santo, nascido em 25 de Janeiro de 1974, em São Tomé e Príncipe, caso não saí vencedor desta "luta", porque efectivamente o FC Porto, tal como SL Benfica e o Sporting CP, são clubes predestinados a terem que ser campeões, porque as suas massas adeptas assim o exigem. Poderá, contudo e decerto e irá ter o seu lugar, como treinador do FC Porto, em perigo, porque o "tribunal do Dragão" não permite falhas, e como tal não perdoa, mas, como técnico irá ter pela frente decerto um futuro risonho, deste enorme técnico, e que tem demonstrado todo o seu talento, como grande treinador que é, e, de vir a poder, num futuro próximo e alcançar grandes êxitos. Faltou-lhe nos momentos cruciais, para ele e o FC Porto, nalguns jogos, especialmente, quando o SL Benfica, perdeu pontos, ele não ter sabido aproveitar tais deslizes do clube rival, e ter tido um pouco mais de experiência, num comando de uma equipa com a dimensão e estatuto do FC Porto. Espero, num futuro próximo, outra filosofia por parte do treinado Nuno Espírito Santo, assim espero num futuro próximo.

(Texto-opinião, publicado na edição online, secção "Escrevem os Leitores" do
  Jornal RECORD de 09 de Maio de 2017)


MÁRIO DA SILVA JESUS

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.