terça-feira, 2 de maio de 2017

Qualquer família

Qualquer família, por mais normal que seja, tem sempre os seus pontos altos e baixos. E quem diga o contrário está a mentir, ou não percebe patavina do quão difícil é viver em família.
Por isso, os seus componentes, no seio familiar, tudo devem fazer rumo à coesão entre todos os membros, isto é, como no adágio ‘um por todos e todos por um’.
Assim, não nos surpreende que uma família exemplar seja alvo de incontidas invejas, por ser considerada um modelo para a comunidade.
Até muitas ressabiadas famílias a poderão apodar de uma família tipo geringonça – muito em uso hoje em dia -, uma espécie difícil de decifrar e de engolir, mas que tem feito todos os esforços para seguir coesa em direcção aquilo a que se propôs, lá isso tem sido exemplar e caso único no mundo daquelas que invejam o seu bom desempenho.
Só esperamos que assim continue e deixe a quem  soezmente a ataca o aviso proverbial de ‘os cães ladram, mas a caravana passa’.

nota: texto também publicado pelo DESTAK de 3/5/2017

José Amaral

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.