terça-feira, 20 de junho de 2017

Com cara de tacho

A desgraça já  é suficientemente grande, mas para muitos ainda não basta. Alguém lança uma atoarda; como a coisa era gorda, foi logo dada como notícia verídica. Depois aguardaram, lambendo a beiça, que alguém com a necessária autoridade a confirmasse.
Entretanto, para adiantar serviço, foram logo dizendo que era um avião alugado em inglaterra, com dois tripulantes. Mas o CMDT Vaz Pinto, que vem fazer o “ponto da situação”, fala de tudo menos do que esperavam que dissesse.
Insistem, insistem, e o homem teve que repetir várias vezes que dos aviões que ali tinha, todos estavam operacionais. Mas então de onde veio o avião que “caíu”, queriam saber…


Amândio G. Martins

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.