quinta-feira, 22 de junho de 2017

Estonteante!

Que encantos mostra ela
Num sorriso luminoso
Quem vir esta flor tão bela
Pensará numa estrela
A brilhar em céu chuvoso.

Não saber donde procede
Deixa tudo impreciso
Mas encanta vê-la alegre
E como ela consegue
Dar-se naquele sorriso.

Ah se fosse jardineiro
Que a pudesse cultivar
Cuidar bem do seu canteiro
Perder-me lá no seu cheiro
Com ele me embriagar…

Haja Poeta que preste
Num poema de verdade
Para a flor que amanhece
Se cuidar do que parece
Mas não é realidade!

Amândio G. Martins



.



Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.