sábado, 17 de junho de 2017

JESUS

Há noites que valem por mil anos. Os vultos que vêm ter contigo, que te oferecem cervejas, que te beijam na testa, que te falam no poema como se fosses Jesus. Os vultos demoníacos que ameaçam Madalena, que tu empurras para longe, os palhaços que aparecem no filme que nada percebem, que dançam, que bebem. E depois chegas à terrinha e nada se passa, é só golos e tolos e altas temperaturas, como se fosses realmente Jesus ou alguém verdadeiramente poderoso mesmo que, paradoxalmente, ontem te sentisses fraco. É verdadeiramente o caos, o fim do império e os pequenos entretêm-se com guerrilhas futebolísticas. Enquanto tu reinas. Tu reinas, verdadeiramente reinas, e estás em fogo. O Carnaval, por hoje, terminou.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.