quinta-feira, 1 de junho de 2017

Trump fiel aos seus cowboys


Se ‘o algodão não engana’, também Trump continua a ser fiel aos seus cowboys.
Assim, no Oriente, Trump arregimentou um negócio de 350 biliões de dólares em fornecimento de material de guerra, seguindo o enganoso provérbio de ‘se queres a paz, prepara-te para a guerra’.
No Vaticano, tentando enganar o bom Papa Francisco, fez-se passar por um dócil carneirinho.
No seio europeu fez das suas, impondo os seus belicistas pontos de mira, digo, pontos de vista, ameaçando quebrar o Acordo de Paris, o que veio agora a acontecer, rompendo-o, em 1/6, pois sempre esteve para este compromisso como aqueles incrédulos que em 1969 não acreditaram que o Homem tivesse ido à Lua.
Resumindo, Trump não passa do principal coveiro do dito mundo livre, pois tudo tem feito para por tudo em polvorosa, tentando fazer da Terra o seu saloon.

nota - texto publicado no PÚBLICO de 4/6, com o título DONALD TRUMP, e sem o primeiro parágrafo.

José Amaral

1 comentário:

  1. Bem observado! Não nos podemos calar. É a nossa casa comum que está em causa.

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.