quarta-feira, 7 de junho de 2017

Tudo a 1 €

Todos os estratos sociais sabem que existem estabelecimentos que vendeu tudo a um euro, mas nem todas essas faixas colectivas frequentam tais ‘antros’, uma vez que o seu ‘pedigree’ faz com que debandem deles ‘como o diabo foge da cruz’.
Mas, como Portugal está cada vez mais ‘na crista da onda’, não tivesse ele o muito falado e surfado canhão da Nazaré, já há muito que a frase publicitária ‘queres dinheiro? Vai ao Tota!’ caiu em desuso, porque, entretanto, o Banco Totta foi engolido pelo Banco Santander.
Agora, os crânios do referido banco, entrando numa dessas lojas de ocasião, descortinaram um banco – o Popular - na prateleira ao preço ‘da uva mijona’ e, vai daí, arrebanharam-no por um euro.
Portanto, para quê tanta gente desse tal ‘pedigree’ ganhar tantas dezenas, centenas de milhares de euros, se tudo pode comprar com apenas um euro?

José Amaral

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.