sábado, 8 de julho de 2017

Calhau lendário

Para mim este penedo
Valia coisa nenhuma;
Um calhau de meter medo
Mas que não tinha segredo
Nem escondia fortuna…

Mas a busca empenhada
Deu-nos outra perspectiva;
Na encosta escarpada
A imagem disfarçada
De velhinha esculpida.

Um fotógrafo artista
Viu a moura tão cantada;
E fez a sua conquista
Assestando lá a vista
Quando a fotografava.

E a tal lenda de mouro
Não tinha nenhum segredo;
Tão discutido tesouro
Não tem nada a ver com ouro
É o próprio penedo!

Amândio G. Martins



Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.