domingo, 13 de agosto de 2017

Habitação : será desta?



A entrevista do Ministro responsável pela Habitação dá-nos esperança que finalmente não haja casas vazias a degradarem-se e que as classes com menos posses tenham possibilidade de encontrar um lar correspondendo às suas necessidades.
Não é com bairros sociais que se resolve a falta de casas no mercado de arrendamento e se dá aos portugueses a mobilidade necessária aos empregos que se vão encontrando, às escolas ou até ficar mais perto de familiares. Claro que os senhorios têm direito a receberem um rendimento da sua propriedade mas a habitação pública deve ser alargada para aquilo que o Ministro chama de “arrendamento acessível”. Vamos ver se será desta que Lisboa e muitas outras cidades terão os seus centros reabilitados e animados por gentes que ali moram e ali vivem.

Clotilde Moreira
Público (12.8.2017)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.