terça-feira, 8 de agosto de 2017

No cravo e na ferradura


O PSD, pela voz de Passos Coelho e Hugo Soares, adoptou um novo e doce discurso sobre o Governo. Crise de estabilidade no país por efeito do Governo? Qual quê, nada! O Governo está sólido e recomenda-se, dizem eles. E quando se fala da postura relativamente à Venezuela dos últimos tempos, não se pode elogiar mais o Ministro dos Negócios Estrangeiros. Se isto é um “enigma”, a resposta parece simples e vem, em vias travessas, na crónica de Miguel Esteves Cardoso da passada quinta-feira: “ninguém acredita num pasquim que só transmite más notícias”. Quer dizer que, de vez em quando, o PSD tem conveniência em amaciar o discurso, quando não, as pessoas cansam-se da maledicência continuada mas não confirmada. Nem sempre na ferradura, pois claro.

Público - 13.08.2017

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.