terça-feira, 1 de agosto de 2017

Senhor Luís Filipe Vieira, porque fazer dos outros uns."tolos"?

Resultado de imagem para claques
É de lamentar a expressão cheia de convicção e de grandes certezas, mas completamente com ar de grande ignorância, e a forma, adianto, mesmo até patética, como o Senhor Luís Filipe Vieira, digníssimo presidente de um dos maiores clubes de Portugal, que é o Sport Lisboa e Benfica, quando foi abordado, ontem dia 31 de Julho, á notícia da interdição do Estádio da Luz, devido ao facto do alegado apoio do clube, da “águia Vitória”, às claques, tendo o Senhor afirmado com toda a descontracção, que ignora a situação. É necessário ter “lata” e descaramento, para ter tal afirmação e que desconhece que o clube a que preside, não tenha uma única claque, como pode, esse responsável, afirmar que o clube a que preside não tem claques? Podem, eventualmente não ser “abonadas” , isto é subsidiadas oficialmente pelo clube, mas, não ignore o facto, e não passe os outros por “tolos”. Assuma, sem medos, essa situação.

Senhor Luís Filipe Vieira, porque tentar fazer dos outros, uns “tolos”? Pois se até o clube cá do meu bairro, por mais pequeno que é, e insignificante, tem a sua “claque”, bem ruidosa, irrequieta, é certo, mas ordeira dentro dos parâmetros normais do bom desportivismo, às vezes, digo eu…há! Mas com um grande privilégio, nós direcção, não temos verbas disponíveis para “oferecer” e presentear os nossos associados, com “fogo-de- artifício”, (que tem outro nome), que são os petardos, e que esse tal fogo-de-artifício, afirmam as claques, que fazem parte do espectáculo e das coreografias, o que acontece infelizmente não somente no seu estádio, como noutros estádios, deste país, e os desacatos imbecis que essas claques provocam…uma coisa porém, pode ficar, e dormir descansado, e deixe lá, não é só no seu estádio, que existem claques e algumas delas mais “selvagens que outras”.  

(Texto-opinião, publicado na edição Nrº. 46355 do Diário de No-
  tícias da Madeira de 4 de Agosto de 2017)
(Texto-opinião (resumido), publicado no Correio da Manhã de
  4 de Agosto de 2017)

MÁRIO DA SILVA JESUS

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.