sexta-feira, 4 de maio de 2018

LIGA EUROPA DA UEFA


Liga Europa da UEFA

A Liga Europa da UEFA, oficialmente UEFA Europa League, antiga Taça UEFA, ou Copa da UEFA, é uma competição de futebol de clubes europeus. É actualmente, o segundo campeonato mais importante no futebol europeu, atrás apenas da Liga dos Campeões da UEFA.
Pode-se dividir esta competição em três fases diferentes:
Como Copa da UEFA, o sistema com as finais eram disputadas em duas mãos, tendo tido o seu inicio na época de 1971/72, e foi disputada entre o Tottenham Hotspur Football Club e o Wolverhampton Wanderers Football Clube, ambos os clubes ingleses, a vitória sorriu para o lado do Tottenham, que venceu, na 1.ª mão por 2-1, tendo na 2.ª mão o resultado sido 1-1, como tal, foi o primeiro vencedor. Seguiram-se neste sistema mais 25 finais, que durou até à época de 1996/97, cujos finalista foram o Fubball –Club Gelsenkirchen-Schalke 04 (Alemanha) e o Football Clube Internazionale Milano (Itália), cujos resultados se verificaram na 1.ª mão 1-0 a favor dos germânicos, e na 2.ª mão vitória do Inter Milão por 1-0, o jogo foi decidido atarvés da marcação de (g.p .), com vitória por 4-1 para o Schalke 04.
Na época de 1997/98, o sistema passou a ser com final em jogo único e nessa primeira edição a final foi realizada no Parc des Princes, em Paris, entre os clubes italianos do Inter de Milão que venceu a Lazio de Roma por 3-0. Tendo este sistema durado até à época de 2008/09, sendo a última final deste sistema das 12 edições, efectuado em Sukru Saraçoglu, Istambul (Turquia), cujos finalista foram o Shakhtar Donetsk (Ucrânia) que venceu o Werder Bremen (Alemanha), (a.p. por 2-1).
No sistema actual, como Liga Europa, teve inicio na época de 2009/10, sendo a final efectuada no HSH Nordbank Arena em Hamburgo, e foi disputada entre o Atlético de Madrid (Espanha), que venceu o Fulham (Inglaterra), por 2-1 (a.p,).
A final desta época será realizada, no Parc Olympique Lyonnais, Lyon, entre o Atlético de Madrid (Espanha) e o Olympique de Marseille (França), e terá lugar a 16 de Maio de 2018.
Destaque a considerar e infelizmente só ficará marcado para a história da competição a final perdida no Estádio José Alvalade, na época de 2004/05, frente ao CSKA Moscovo, por 3-1. A vitória do FC Porto na época de 2002/03, no Olímpico de Sevilha, que venceu o Celtic (Escócia) por 3-2, e ainda as presenças portuguesas do FC Porto que venceu o Sporting C. Braga por 1-0, no Aviva Stadium em Dublin. E as presenças nas finais de 2012/13 do SL Benfica, que perdeu a final frente ao Chelsea (Inglaterra), por 2-1, na Arena de Amsterdan, e na época seguinte ou seja na época de 2013/14, no Stadium Juventus de Turim, perdeu com o Sevilha de Espanha, depois de no tempo regular se ter registado um resultado de 0-0, tendo o clube português perdido nas (g.p.) por 4-2.
Por clubes; com 5 títulos o Sevilha (Espanha); a Juventus (Itália), com 4 presenças em finais e 3 títulos e o Inter de Milão (Itália), com igualmente 4 presenças e 3 títulos.
Por país; em primeiro lugar a Espanha com 15 presenças em finais e 10 títulos conquistados; seguido da Itália com 15 presenças em finais mas 9 títulos conquistados, seguindo a Inglaterra com 13 presenças nas finais e 8 títulos conquistados.
Muito havia para contar mas o espaço é curto, vamos ficar por aqui.
(Texto-opinião, publicado na edição online, secção "Escrevem os   Leitores"    do Jornal RECORD de 04 de Maio de 2018)
MÁRIO DA SILVA JESUS

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças. Não diga aos outros o que não gostaria que lhe dissessem. Faça comentários construtivos e merecedores de publicação. E não se esconda atrás do anonimato. Obrigado.