sexta-feira, 19 de abril de 2019

A propósito (da queda) do capitalismo

Se avaliássemos  aqui pelo blogue, o capitalismo estará para cair.... pelo menos "três vezes". Duas delas parecidas e outra diversa. Das duas primeiras vozes, uma para ser substituído por "algo ainda com nome a inventar" ( embora houvesse sempre à mão o dum "velho conhecido" nosso). Na opinião "gêmea", não há ilusóes sobre quem viria aí, era o antiquíssimo comunismo da velha guarda. A terceira voz é diferente, anarquista, mas profetizando/desejando a queda do mesmo... capitalismo sem mais.
Liberdade de escrita que, inelutavelmente, faz parte da LIBERDADE "tout court,  que não é desmembrável em pedacinhos a gosto. Há duas coisas  que estranho, no entanto. Enquanto eu adjectivo o capitalismo a "cair", de rapace, financeiro ou coisa piores, todos estes parceiros de blogue, só lhe reservam o nome próprio: capitalismo. A mim não me repugna nada a organização económica ( e muito menos a social) do mundo da social-democracia, LIVRE e regulada, que os outros três gostam de apodar ( ou insinuar) de... direita ou.... capitalista. A segunda, muito mais estranha, é que.... os sistemas que vigoram nos seus países-farol são precisamente o do capitalismo por eles mais verberado, excepto no caso do anarquista (já lá vou): capitalismo de Estado ( ou "um país dois sistemas") e capitalismo oligárquico e plutocrata. Quanto à anarquia elogiada, o exemplo do anarquista é muito "feliz": a greve dos motoristas de camião que tem como porta voz um advogado que conduz um Maserati e veste colete amarelo. Disse.

Fernando Cardoso Rodrigues

3 comentários:

  1. e o que é que isso tem a ver com Bakunine? Já agora, camarada, não te esqueças de nomear as pessoas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui no blogue, anarquista só há um: o A. Pedro Ribeiro e mais nenhum!

      Eliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças. Não diga aos outros o que não gostaria que lhe dissessem. Faça comentários construtivos e merecedores de publicação. E não se esconda atrás do anonimato. Obrigado.