segunda-feira, 29 de abril de 2019


Que “máquina” reprodutora!...


Parideiras assim davam cá imenso jeito; de facto, a legenda da foto publicada no JN diz que Mariam Nabatanzi, uma mulher de 39 anos, natural do Uganda, é considerada a mulher mais fértil do mundo. Em vinte e sete anos teve 38 filhos, o primeiro quando tinha apenas12 anos, pouco depois de casar.

Agora vive “sozinha”, embora rodeada de filhos, depois de ter sido abandonada pelo marido; Mariam nunca acatou os conselhos médicos para tomar contraceptivos. Agora, são 39 pessoas a viver em quatro casas apertadas feitas de cimento, 50 quilómetros a norte de Kampala; que, em tais condições, tenha sobrevivido tanta gente, parece mesmo milagre...


Amândio G. Martins

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças. Não diga aos outros o que não gostaria que lhe dissessem. Faça comentários construtivos e merecedores de publicação. E não se esconda atrás do anonimato. Obrigado.