terça-feira, 15 de maio de 2018

Ilegais mas... "bons procriadores"

Vi, ontem, uma manifestação de imigrantes ilegais que querem deixar de o ser. Apresentam papeis, tudo fazem, mas o sistema emperra a decisão que não vem, através duma burocracia que se torna o "braço armado" dos decisores políticos. Igualmente vou seguindo as palavras dos mesmos políticos, preocupados que se dizem com a demografia e a inversão da pirâmide etária e assim querem promover o aumento da natalidade. António Costa, na sua moção ao próximo congresso do PS, elege aquela como uma prioridade e uma das soluções que apresenta é.... um aumento da imigração. É assim mesmo: façam muitos filhos mas mantenham.se ilegais! É como, se fosse uma "linha de montagem", perdoe-se-me a crueza!

Fernando Cardoso Rodrigues

2 comentários:

  1. Estas pessoas são gente sofredora e muito trabalhadora, que só querem poder viver em paz e segurança e não tratados como tolerados! Aceitam todo o tipo de trabalho que os nossos já não querem e há muito desse trabalho para eles, mas ao negarem-lhes a legalização sujeitam-nos a todo o tipo de escroques exploradores. É intolerável!

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças. Não diga aos outros o que não gostaria que lhe dissessem. Faça comentários construtivos e merecedores de publicação. E não se esconda atrás do anonimato. Obrigado.