terça-feira, 21 de novembro de 2017

Dia 21 de Novembri de 1966 - Dia Mundial da Televisão

Resultado de imagem para Dia Mundial da Televisão



Em 13 de Fevereiro de 1946, a Assembleia Geral das Nações Unidas emite uma resolução na qual afirma que os seus objectivos de procura da paz e da segurança no mundo não podem ser alcançados sem os povos das diferentes nações estarem plenamente informados das suas actividades. Vinte anos mais tarde, a 21 e 22 de Novembro de 1966, realiza-se na Sede daquela organização internacional o primeiro Fórum Mundial sobre Televisão, sendo na altura amplamente reconhecido o papel determinante que os órgãos de comunicação social, com destaque para a televisão, têm vindo a desempenhar ao alertarem a atenção do mundo para os conflitos e as ameaças à paz e segurança. Nesse mesmo ano, através da resolução 51/206, a Assembleia Geral das Nações Unidas decide consagrar o dia 21 de Novembro (data do início daquele fórum) como Dia Mundial da Televisão, incentivando, a nível mundial, as trocas de programas de televisão sobre questões relativas à paz, à segurança, ao desenvolvimento social e económico e ao reforço do intercâmbio cultural.

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

PCP contraditório

O Partido Comunista Português e o Bloco de Esquerda, aliados a uma posição - finalmente inteligente e benquista - de António Costa (PS), para a sociedade portuguesa, construíram
uma maioria parlamentar que viabilizou um Governo PS e que, entre outras situações positivas,
estancou o assalto violento às nossas carteiras - sem permissão!
   Mas… o PCP tem sido contraditório em algumas propostas políticas: votou contra o Banco de Terras para a Reforma Florestal; avança veementemente em sede de Orçamento do Estado para
2018, uma proposta para um aumento de pensões ‘milionárias’ e miseráveis - todas pelo mesmo valor(!) e, pasme-se!, vota contra a nova taxa sobre o excesso de sal e da batata frita. Ao invés, estes dois comestíveis têm que ser significativamente diminuídos em nome das pessoas (sobretudo pelas crianças) e do SNS!. Contraditoriamente, o PCP presta um mau serviço à nossa saúde, dizendo defender o SNS. A defesa do SNS tem de ser global…
   Vota contra em nome de quê? De quem? Com que fim? Qual é a sanidade desta péssima proposta? Alguém de fora (e até dentro) do PCP percebe?

                   Vítor Colaço Santos

Que retoma é esta?

A imagem pode conter: 1 pessoa, área interna
A Economia vai de ‘vento em popa’, apregoam os actuais ‘donos disto tudo’.
Entretanto, a dita ‘geringonça’ que dizem já ter tido melhores dias, porque os saudosistas passistas e cristas batem que se fartam na actual governação, com o PCP ao ataque no que implica o esticar a corda no que concerne às manifestações de rua e sua consequente influência nos gabinetes de decisão, os grupos laborais que têm voz, sem terem total razão, fazem valer a sua importância de pressão através dos sindicatos.
Então, o descongelamento da progressão nas carreiras em ritmo acelerado poderá fazer levantar a tampa da impiedosa caixa de pandora, sempre a desfavor dos que mais precisam.
Mas, que retoma económica é esta que contempla as classes favorecidas, cria milhares de novos-ricos e não consegue aumentar o ordenado mínimo nacional para 600 euros?

José Amaral

QUEM NUNCA ERROU, ATIRE A PRIMEIRA PEDRA

Resultado de imagem para QUEM NUNCA ERROU, ATIRE A PRIMEIRA PEDRA



Por uma questão de princípios, não tenho por hábito, responder a qualquer carta de outros leitores, nem sequer entrar em grandes polémicas em fazer quaisquer comentários menos próprios, respeitando sempre as opiniões de cada um. Contudo posso ter a minha opinião e publicamente opinar.
Gostei de ler a carta publicada no dia 18 de Novembro, no Diário de Notícias da Madeira, com o título bem sugestivo, que passo a citar, com o devido respeito para com a autora do, “Pecado de um padre”. Mais uma dor de cabeça para os altos responsáveis de toda a Igreja Católica.
Estou-me a referir, concretamente ao pároco, Senhor Padre Giselo Andrade, que dirigi, a Igreja de Nossa Senhora do Monte, cuja freguesia portuguesa do concelho do Funchal, com o mesmo nome, foi criada no ano de 1565, e que pelos piores motivos a 15 de Agosto deste ano, durante as festas em honra da sua padroeira, Nossa Senhora do Monte (que tenho o grande privilégio de a conhecer, como Continental, quando tenho oportunidade de ir de férias à linda pérola do Atlântico, a Ilha da Madeira), uma árvore de grande porte caiu sobre o Largo da Fonte, matando 13 pessoas e ferido cerca de 50, tendo este acidente ocorrido quando a procissão se preparava para sair.
Voltando, ao assunto da referida carta e acerca do tema, “Pecado de um padre”, não deixa contudo de não ser verdade, que o Senhor Padre Giselo Andrade, sabe que a Igreja Católica é pelo Celibato, e quando da sua ordenação para sacerdote, entre outros votos, ele sabia que estava este, o de ser celibatário. Mas...
Mas, acima de tudo, e, na minha opinião, fora da igreja, ele é um homem, como tal, a carne é fraca e a tentação ainda é maior.
No entanto louvo a atitude do Padre Giselo Andrade, que veio com grande dignidade e coragem e frontalidade, assumir publicamente, que era pai de uma menina. ..Então? “Quem nunca errou, atire a primeira pedra”.
Pergunto, pelo facto de ter faltado ao seu “juramento” quando da sua ordenação, será que a partir desta situação, ele será pior padre nas suas missões dentro da igreja e para com os seus paroquianos? Não acredito. Pois a Igreja é que deverá pensar seriamente, num futuro muito próximo, em mudar as “regras”, porque senão um dia deste, deixa de ter sacerdotes.

(Texto-opinião, publicado na edição Nrº. 46463 do Diário de Notícias da Madeira de 20 de   Novembro de 2017)
MÁRIO DA SILVA JESUS




O CAMINHO DA LUZ

Está em nós o caminho da Luz, o caminho da Revelação. Isto não é só comer, beber e ganhar a vida. O homem é espírito e pensamento, é capaz das mais prodigiosas ideias, dos mais nobres ideais. Para isso não precisa de sujeitar-se a hierarquias religiosas ou a outro qualquer tipo de hierarquias. No entanto, olhamos para a TV, olhamos para o dia-a-dia e vemos reinar a pobreza intelectual, o comércio, o materialismo, a luta pela vida. Predominam o útil e o prático e a poesia, a filosofia e o espiritual são relegados para um plano muito secundário. Ora, a conjugação desses factores destrói o homem, tornando-o num ser incompleto e doente. É preciso que olhemos para dentro de nós próprios, que meditemos, que puxemos pela mente, no sentido de reencontrar a Luz. É preciso que nos descubramos a nós mesmos.
Um livro importante...


O catedrático de economia Prof. Doutor Francisco Louçã, e o seu colega americano Michael Ash, estudiosos e investigadores de economia no ISEG e na Universidade do Massachusetts, respectivamente, escreveram em conjunto o livro “Sombras”, editado pela Bertrand, com o fim de explicar o poder que o sector financeiro foi ganhando a partir dos últimos 25 anos do século passado, e que se reforçou nestas quase duas décadas do século XXI, e como os traficantes do dinheiro cosem o mundo e nos cozem ;
é, segundo a teoria avançada pelos autores, um poder oculto, a finança sombra.

 “O que procuramos neste livro é descobrir como se instalou, como recruta, como se reproduz em ideias e organizações, como domina a decisão política, como condiciona as escolhas, ou seja, como cresce o seu poder no mundo da brutalidade dos mercados financeiros”.

“Uma pequena parte deste mundo financeiro sofreu um abalo com a crise de 2007-2008 ; desde então o sistema financeiro recuperou, impulsionado pela intervenção dos bancos centrais. Mas viveremos hoje tempos de maior prudência, que nos porão a salvo de futuras crises”?

“Os negócios parecem correr bem, mas, ao longo deste livro, defenderemos que esses resultados são uma ilusão e que essa ilusão é perigosa. A finança sombra, a parte não regulamentada do sistema financeiro, é um poder estruturado, como um polvo cujos tentáculos se estendem ao poder político. Uma teia de poder que é preciso trazer para a luz.

Nota-Respigado do caderno Dinheiro Vivo, suplemento do JN que sai aos sábados, por

Amândio G. Martins








A 20 de Novembro de 1964 - - Novo computador para pequenas e médias empresas

Resultado de imagem para 1964 - Novo computador para pequenas e médias empresas



No decorrer de uma reunião de informação que a Companhia IBM Portuguesa levou a efeito, na sua sede, no dia 20 de Novembro de 1964, a que compareceram cerca de 150 pessoas ligadas aos assuntos mecanográficos, na sua maioria chefes de serviço e técnicos de cartões perfurados, é anunciado um novo computador, o IBM 360, modelo 20, para cartões perfurados utilizando circuitos micro eléctricos. A IBM não se poupou a enaltecer as características deste novo modelo: Não ocupa mais espaço que três secretárias e, sob o ponto de vista do utilizador, é o computador mais avançado jamais construído. 

domingo, 19 de novembro de 2017

INDIFERENÇA CRIMINOSA



O mundo assiste quase impávida e serenamente a uma das maiores tragédias depois da 2ª Grande Guerra. A limpeza étnica em curso no Myanmar ( antiga Birmânia) de maioria budista.A minoria Rohingya, muçulmana ,está a ser alvo das maiores atrocidades inclusive pelo exército birmanês que incendeia aldeias inteiras, viola mulheres e crianças e assassina pais e mães em frente dos filhos. Em pânico, os que podem, estão em debandada para o vizinho Bangladesh, onde já chegaram 600 mil. Este país, como se sabe, é um dos mais pobres do mundo. Como tal, fornece a ajuda que pode, que é limitadíssima. Algumas organizações não governamentais( ONGs) também estão no terreno, mas toda a ajuda não chega. Por exemplo, quem o afirma, é a jornalista do Diário de Notícias Helena Ferro de Gouveia, que acaba de chegar dos campos de refugiados e diz que as condições são absolutamente deploráveis e que, por exemplo, a água está quase toda contaminada o que provoca ainda mais doenças àquela gente desnutrida e em choque. E a tão badalada Comunidade Internacional que quando há interesses económicos ou estratégicos, é tão lesta a intervir, agora, perante tão monstruosos crimes, permanece numa quase indiferença que não será justo classificar-se de criminosa?
Francisco Ramalho

Corroios, 19 de Novembro de 2017

A TAÇA DE PORTUGAL TEM CADA VEZ MAIS ENCANTO COM OS TOMBA-GIGANTES; CALDAS, SP. FARENSE E SANTA CLARA

A Taça de Portugal tem cada vez mais encanto com os tomba-gigantes
A Taça de Portugal, a chamada Prova Rainha do calendário do futebol português, e a chamada festa do povo, é uma competição portuguesa organizada pela Federação Portuguesa de Futebol e é disputada por todos os clubes da Primeira Liga, Segunda Liga, Campeonato de Portugal (equivalente ao terceiro escalão) e representantes dos Campeonatos Distritais.
A prova desta presente época de 2017/18 corresponde à edição número 77 desta competição, que teve a sua estreia na longínqua época de 1938/39 e cujo cenário teve como batismo o lendário Campo das Salésias, em Lisboa, tendo-se defrontado então a Associação Académica de Coimbra e o Sport Lisboa e Benfica, com a vitória a sorrir lá para as bandas do Mondego, por 4-3.
Na presente época, e com a realização neste fim-de-semana da quarta eliminatória, mais uma vez houve os chamados tomba-gigantes.
Com o final dos jogos e os resultados verificados esta tarde, faltam somente defrontar-se, mas mais tarde, dois emblemas da Liga NOS: o Vitória Sport Club, que ocupa, após 11 jornadas cumpridas, a 8.º posição, e Clube Desportivo Feirense, que ocupa a 13.ª posição.
Dos jogos desta tarde, de salientar os tomba-gigantes desta quarta eliminatória: o Clube Desportivo de Santa Clara (Ponta Delgada-Açores), a disputar a II Liga LEDMAN, LigaPro, e actual 2.º classificado, que eliminou o Desportivo de Chaves, da I Liga NOS e 14.º classificado, vencendo por 2-0; o Sporting C. Farense, a disputar o Campeonato de Portugal e 1.º classificado da Série E, que venceu por 2-1 e eliminou o Leixões da II Liga e 4.º classificado; o Caldas Sport Clube, a disputar o Campeonato de Portugal e 8.º classificado da Série D, que venceu nos penáltis por 3-1 o FC Arouca, da II Liga e actual 9.º classificado (ainda na época passada andou a disputar a Liga Europa).
E assim, a Taça de Portugal, depois destas surpresas verificadas nesta quarta eliminatória, continua a ser uma prova que em cada eliminatória tem cada vez mais encanto.
(Texto-opinião, publicado na edição online, secção "Escrevem os   Leitores" do Jornal RECORD de 19 de Novembro de 2017)
MÁRIO DA SILVA JESUS




CRISTIANO RONALDO...


O regresso do caso Tecnoforma

O caso Tecnoforma voltou a ser noticia visto que, apesar do Ministério Público (MP) ter arquivado o processo, o gabinete anti-fraude da Comissão Europeia (OLAF) diz que "Foram cometidas graves irregularidades, ou mesmo fraudes, na gestão dos fundos europeus", e quer a devolução dessas verbas. Ora para que não se perca mais tempo, convém que tanto Passos Coelho como Miguel Relvas, que eram na época, o primeiro consultor naquela empresa e o segundo, secretário de Estado do sector, sejam chamados novamente ao MP para serem interrogados, julgados, condenados ou ilibados. E peço pressa para que não venha a acontecer o mesmo que num caso semelhante, o famoso processo UGT/FSE que teve como arguidos os dirigentes daquela Central sindical, Torres Couto, João Proença, Rui O. Costa e José Veludo que depois de se ter arrastado pelos tribunais cerca de duas décadas, a montanha pariu um rato pois o colectivo de juizes absolveu todos os 36 arguidos e considerou atribuível o crime de burla na forma tentada ao tesoureiro José Veludo, mas que, claro está, já tinha prescrito.
Para terminar apenas mais uma ajuda para vossa reflexão. Que terá a ver com tal sentença, muitas destas figuras pertencerem à Maçonaria?  
Jorge Morais
 
Publicada em 18.11.2017 no Jornal Público   -   DN-M   -   EXPRESSO
 
Nota:
No EXPRESSO a parte sublinhada foi truncada.
 
 
                                                             Ilustração do leitor Paulo Pereira
 

 




EXPRESSO  18.11.2017


Mudanças em Angola

O novo Presidente angolano, João Lourenço, parece que está a querer ser e fazer, tal como prometeu no discurso da tomada de posse, um Presidente a combater a corrupção e os poderes instaladas, e essencialmente “sem medo” de assim agir.

E estará a desligar-se do caminho percorrido por José Eduardo dos Santos. João Lourenço pareceria querer combater este estado de coisas, havendo dúvidas se teria como o fazer, agora, de facto, está a fazê-lo.

E um sinal importantíssimo é ter exonerado esta semana Isabel dos Sanos, filha do anterior chefe de Estado, do cargo de presidente do conselho de administração da Sonangol.

Espera que este sinal seja um indício do começo de um caminho difícil mas o único possível a ser seguido por João Lourenço (…)

Augusto Küttner de Magalhães , Porto


“Verba volant, Scripta manent”


Ataco a defensiva brancura
Desta folha virgem à minha frente
E nunca chego a ficar contente
Sinto-me a depredar de forma crua!

Fazer por merecer tanta brandura
É uma obrigação permanente
E nem mesmo um leitor benevolente
Me dispensa da boa auto-censura...

A palavra voa, a escrita fica
É o que esse latim significa
A encimar estes catorze versos.

Para se pensar na honestidade
E na verdadeira utilidade
De muitos dos pensamentos impressos.



Amândio G. Martins

Austeridade para sempre


Alguns cronistas têm um supremo gozo na vida: provar à saciedade que a geringonça não conseguiu acabar com a austeridade. João Miguel Tavares, na edição do Público do passado sábado, vai mais longe: o país é irremediavelmente inviável, e a tal bancarrota de que a troika nos salvou teria acontecido mesmo sem os desmandos do governo Sócrates ou do sistema financeiro. Façamos o que fizermos, lá cairemos outra vez, só falta saber “quando”. Parece impossível, mas é ele quem o diz. Como diz também que enterrar fortunas nos buracos dos bancos é inevitável (lá voltamos à TINA), mas satisfazer as pretensões dos professores e muitos outros não passa de esbanjamento eleitoralista. Fica claro que, para JMT, não vem ao caso a justeza dessas exigências, resultantes de quebras contratuais pelo Estado, porque não se trata de resolver problemas de “moral” ou de “justiça”, meras excrescências luxuosas numa terrinha com gentes para quem austeridade basta. Valerá a pena lembrar a JMT que há quem perceba as diferenças entre o que temos e o que tínhamos com o governo PSD/CDS?

O FC PORTO SALVOU-SE E BEM MAS COM SOFRIMENTO E APENAS NOS DESCONTOS


Resultado de imagem para Porto - Portimonense


Em pleno Estádio do Dragão, no Porto, ia havendo surpresa na Taça de Portugal. No jogo a contar para a quarta eliminatória da referida competição, encontraram-se o 1.º classificado da Liga NOS, o FC Porto, e o 11.º classificado, o Portimonense Sporting Clube, comandado pelo Senhor Vitor Manuel Oliveira, o "Papa Subidas de Divisão", título que nem tão cedo será batido por outro técnico. Fez o FC Porto sofrer a bem sofrer, ao ser derrotado pela margem mínima, por 3-2, depois de ter estado até aos 90 minutos do tempo regulamentar em vantagem por 2-1. Mas vários factores posso assinalar para apontar e justificar a falta de êxito dos algarvios nesta eliminatória da Taça de Portugal.
Ter ficado reduzido a 10 elementos após a expulsão de Felipe Macedo, aos 78 minutos, numa altura em que pairava no Dragão a eliminação provável do FC Porto. Outro factor a considerar foram os 7 minutos de tempo extra dado pelo árbitro Artur Soares Dias - pelo facto dos jogadores do Portimonense SC que eram substituídos perderem algum tempo na saída de campo. Depois a capacidade atlética e garra demonstrada pelos jogadores do Porto e a perda natural e a falta de capacidade anímica do adversário, ditaram de forma inglória o afastamento desta belíssima equipa, que já tinha dado provas do seu valor quando se deslocou ao Estádio da Luz, para defrontar o SL Benfica.

Foi um jogo em que o FC Porto não só sofreu, como todos os seus profissionais em campo tiveram que suar as camisolas, para levarem de vencido este Portimonense em pleno Estádio do Dragão. Não ficava nada mal se esta quarta eliminatória tivesse sorrido para os comandados de Vitor Manuel de Oliveira.
(Texto-opinião, publicado na edição online, secção "Escrevem os   Leitores" do Jornal RECORD de 19 de Novembro de 2017)
MÁRIO DA SILVA JESUS

A 19 de Novembro - Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino

Resultado de imagem para Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino



A 19 de Novembro de cada ano, celebra-se o Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino. A existência deste dia comemorativo, criado pela ONU em 2014, tem por intuito levar ao surgimento de novas iniciativas que apoiem e inspirem a presença de mulheres no mundo dos negócios.

sábado, 18 de novembro de 2017

0 21.º CAMPEONATO DO MUNDO-RÚSSIA 2018, IRÁ RECEBER 32 SELECÇÕES

Resultado de imagem para campeonato do mundo russia 2018



O próximo 21.º Campeonato do Mundo de Futebol FIFA, vai-se realizar na Rússia-2018, de: 14 de Junho de 2018 a 15 de Julho de 2018, com a participação de 32 países já apurados e fazendo parte das seguintes Confederações­:
Em 8 e Outubro de 2015, a FIFA e o Comité Organizador Local aprovaram os nomes dos estádios utilizados durante o torneio.
Em Moscovo; irão ser o Estádio Lujniki e Arena Otkrytie (Estádio Spartak) – São Petersburgo;
Estádio Krestovsky (Estádio de São Petersburgo); Kaliningrado; (Estádio de Kaliningrado); Cazã;
Arena Kazan; Samara; Arena de Samara (Estádio de Samara );Saransk: Arena Mordovia; Nijni
Novgorod; (Estádio de Nijni Novagorod; Volgogrado; Arena Volgogrado; Ecaterimburgo: Arena de Ecaterimburgo (Estádio Central); Saransk; Arena Mordovia;  Rostov do Don; Arena Rostov; Sóchi; Estádio Olímpico de Fisht.
Os 32 Países finalistas sãos os seguintes e pertencem às Confederações respectivas:
UEFA – ALEMANHA, 4º Presença, a partir de 1994; BÉLGICA, 13.º Presença; CROÁCIA, 5.º  Presença; DINAMARCA, 5.º Presença; ESPANHA, 15.º Presença; FRANÇA, 15.º Presença; INGLATERRA, 15.º Presença; ISLÂNDIA, 1.ª Presença, (estreante); POLÓNIA, 8.º Presença; PORTUGAL, 7.º Presença; RÚSSIA, 4.º Presença, a partir de 1992; SÉRVIA, 2.º Presença; SUÉCIA, 12.º Presença e SUIÇA, 11.º Presença.
AFC  -  ARÁBIA SAUDITA, 7.º Presença; AUSTRÁLIA, 5.º Presença; COREIA DO SUL, 10.º Presença; IRÂO, 5.º Presença e JAPÂO, 6.º Presença.
CAF    -     EGIPTO, 3.º Presença; MARROCOS, 5.º Presença; NIGÉRIA, 6.º Presença; SENEGAL, 2.º Presença e TUNÍSIA, 5.º Presença.
CONCACAF- COSTA RICA, 6.º Presença; MÉXICO, 16.º Presença e PANAMÁ, 1ª. Presença (estreante).
CONMEBOL – ARGENTINA, 17.º Presença; BRASIL, 21.º Presença; COLÔMBIA, 6.º Presença; PERU, 5.º Presença; e URUGUAI, 13.º Presença.
Os potes ficaram assim distribuídos:
Pote 1: Rússia; Alemanha; Brasil; Portugal; Argentina; Bélgica; Polónia e França
Pote 2: Espanha, Peru, Suíça; Inglaterra; Colômbia; México; Uruguai e Croácia
Pote 3: Dinamarca, Islândia, Costa Rica, Suécia, Tunísia, Egipto, Senegal e Irão
Pote 4: Sérvia, Nigéria, Austrália, Japão, Marrocos, Panamá, Coreia do Sul e Arábia Saudita

Dos 20 campeonatos já disputados foram campeões as seguintes selecções:

BRASIL              5 Títulos
ITÀLIA               4 Títulos
URUGUAI          2 Títulos
ARGENTINA      2 Títulos
R. F. A.                 2 Títulos
ALEMANHA       2 Títulos
FRANÇA              1 Título
INGLATERRA     1 Título
ESPANHA            1 Título

Nas 20 fases finais de Campeonato do Mundo, cuja primeira edição se realizou em Montevideu (Uruguai), em 1930, tendo sido precisamente os organizadores os primeiros campeões do Mundo, o Uruguai, já participaram, em fases finais do Campeonato do Mundo 83 Países.

NOTA – É habitual enviar os textos em que falo de desporto, para o Jornal RECORD, para a secção “Escrevem os Leitores”. Provavelmente e, em virtude do Senhor João Socorro Viegas, DIgníssino Editor, ter "quiça" ignorado o envio do mesmo, ou não querendo publicar, só ele poderá saber.
É, apenas a minha opinião.

MÁRIO DA SILVA JESUS