quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Provedor da Criança

O PCP e o BE defenderam ontem no Parlamento a criação duma entidade que coordene as políticas que  afectam as crianças. Comissão Nacional dos Direitos dos Direitos das Crianças e Jovens e Comité Nacional para os Direitos da Criança, respectivamente, são os nomes propostos (notícia do PÚBLICO de ontem). Aplaudindo estas propostas, porquê não somente um Provedor da Criança? Singulariza a figura, o que trará melhor funcionalidade e mais responsabilização. Aqui fica o contributo.

Fernando Cardoso Rodrigues

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças. Não diga aos outros o que não gostaria que lhe dissessem. Faça comentários construtivos e merecedores de publicação. E não se esconda atrás do anonimato. Obrigado.