sábado, 28 de janeiro de 2017

The mother

A mother brexitana, de seu nome May, zarpou para o outro lado do Atlântico, onde a esperava a neófita cria, seu son Trump – o destemperado.
E ambos rejubilaram com o que irão tecer, a fim de diabolizarem o mundo, em geral, e a periclitante UE, em particular.
Se desejam que tudo corra mal aos europeus, não esperem bons modos daqueles que desprezam.
É que ainda está actual o provérbio que reza ‘quem com ferros mata, com ferros morre’.


José Amaral

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.