quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Criança descalça
Teu riso d’aurora
É puro e é sonho.
Criança descalça
Estás a ser roubada
Num mundo medonho

Criança descalça
Calçada de sujo
Neste mundo cru.
Criança descalça
O mundo está sujo
O mundo não é como tu!

Criança descalça
Descalça por nós
Teus pés sem guarida
Pisam urbe falsa
Onde tua voz
Nunca foi ouvida!...

Joaquim Carreira Tapadinhas  -  Montijo


Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.