quinta-feira, 4 de maio de 2017

UTÓPICO?

Dizem que eu sou utópico. Mas eu já fui a tribunal e à Judiciária por motivos políticos. Foi por causa da queda da estátua do major Mota na Póvoa de Varzim e por causa do blogue "Povoaonline" que acusava o antigo presidente da Câmara da Póvoa, Macedo Vieira, de corrupção. Por isso não sou assim tão utópico. Também sou um homem de acção. E poderia contar outras histórias. Claro que me orgulho de ser um homem de ideias e de ideais.

4 comentários:

  1. Boa, meu Caro! Eu, por um lado, sou um marginal, inserido nesta 'nossa' sociedade.

    ResponderEliminar
  2. A. Pedro Ribeiro, como artista, está no seu papel, flutuando um bom bocado acima da realidade...
    Acontece que o grosso da massa, que não é artista, todos os dias precisa de coisas básicas como comer e dar comida aos filhos, realidade pura e dura!

    ResponderEliminar
  3. Já foi a tribunal e à Judiciária... por motivos políticos (sic)?!

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.