segunda-feira, 16 de maio de 2016

PRECE


Este fim-de-semana foi muito ingrato para mim. Com as televisões inundadas de encarnado, cor que até nem desgosto, com jogos de ping -pong no blogue a ser obrigado competir para não perder por falta de comparência e deixar a imagem de ter receio dos que me atacavam ou dar-lhes razão, a verdade é que nem escrevi nenhuma carta para os jornais, nem passei pelo Festival da Eurovisão da canção que confesso deixei de ver tendo apenas curiosidade em ouvir a vencedora. No entanto, ao ler hoje o JN, parece que a vencedora foi a Ucrânia com a canção "Prece" e que a interprete dedica à sua bisavó deportada juntamente com mais 200 mil tártaros para umas "férias" na colónia de tratamentos na Sibéria local para onde os comunistas enviavam os opositores e os povos vitimas das suas ocupações selvagens. Para já a Rússia já reagiu. Aguardo a reacção da filial na Soeiro Pereira Gomes, em Lisboa. Jorge Morais

.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.