domingo, 15 de maio de 2016

SLB-Tri Campeão

O "Ferrari" conduzido por um recém encartado, e iniciado num circuito de alto risco, chegou em primeiro à meta, após desconfianças de peritos feitas nas boxes, ainda antes do sinal de arranque. Os maldizentes, que com os dedos da mão determinaram o tamanho do condutor, e que pensavam que com tal gesto diminuíam a capacidade e a qualidade do homem que tomou o comando do bólide encarnado da Luz, deu uns bigodes ao auto intitulado "mestre do jogo mágico", já que cabelo ele não precisa, e que sem ele o SLB se despistaria na primeira curva. Agora que terminou a corrida, e a festa sempre ganha projecção na Praça do Marquês e por todo o território nacional, o Tininha, acaba no lugar a que se costuma designar como o primeiro dos últimos. Após um começo bem atrás da pole position e criticado por uma pré época polémica, o homem do volante do Ferrari, que com a sua simplicidade e muito critério, levou a sua equipa ao título maior da prova em que participou, deu todas as respostas que estavam pendentes e por dar ao mister dos lagartos que às vezes se acham leões e ao chefe do circo Alvalade, que se arma também em mestre do facebook, mas que vai de burro no circuito em que apostou participar e ganhar por todos os meios e malas ao seu alcance. Rui Vitória pode agora abrir a mão e com os dedos repetir em sinal de retribuição, o gesto que mede o tamanho dos homens medíocres e com um ego desmesurado e ridículo. O Benfica, mais entoado SLB por milhões de vozes, e que Luís Piçarra mais o eleva até ao Céu, derreteu o profeta da desgraça, que dá pelo nome de Jesus. Falso, pois claro!

*publicado no JN em 17/05/016

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.