segunda-feira, 5 de junho de 2017

POR UMA NOVA ESCOLA

É necessária uma nova escola. Uma escola guiada pela liberdade, onde a competição é substituída pela cooperação, ou seja, as notas e distinções são substituídas pelo livre estudo cooperativo e pelo trabalho em comunidade.
É necessária uma escola que, como afirma António Sérgio, ao contrário da actual, ensina o Homem e a Sociedade. A escola actual esquece a maneira de tratarmos com o nosso semelhante, "de conhecê-lo, de observá-lo, de melhorá-lo", e de nos observarmos e melhorarmos a nós próprios. Elucidemos os jovens sobre os defeitos da organização social actual; sobre os problemas que levanta; sobre quais as maneiras de tornar a sociedade mais justa; sobre quais os perigos, as dificuldades e as traições que os esperam. Mostremos a todos o grande erro do Ocidente: "o de esquecer a ideia da verdadeira Cultura", no seu entusiasmo irreflectido pela tecnologia. Na velha escola não se aprende a vida, nem a sociedade, nem o espírito, nem a "elevação à universalidade do bem". O que importa é possibilitar a todos uma vida plena de criação. O que importa é que todos desenvolvam livremente as suas potencialidades.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.