quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Pedro Dias... Semanas... quase um mês

Era uma vez um piloto
que não sabia voar
e por conta desse defeito
foi obrigado a aterrar.

Disse que não foi assim
e que se estão a enganar
porque ele é boa pessoa
e incapaz de matar.

E há alguns que acreditam
e outros assim assim...
Só uma coisa vos digo
não o queria ao pé de mim.

Porque é forte e tem tamanho,
mete medo que eu bem vi,
ao passar na televisão
eu juro que estremeci.

Pobre piloto e agora
que vai ser do teu destino?
vês o céu nascer quadrado
porque vais voar baixinho!

7 comentários:

  1. Grande poeta( ou poetisa?) é a nossa amiga Fátima!

    ResponderEliminar
  2. A natureza humana produz tanto maravilhas como crimes horrendos. Até que tudo esteja esclarecido, este cenário é mais que ultrajante, e talvez com uma extraordinária capacidade de compreensão e ironia se possa abordá-lo. Tudo isto me incomoda superiormente e me alarga o campo de descrédito no género humano.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O ser humano, em grande maioria, preocupa-se mais em construir-se por fora e por dentro vive na maior vulnerabilidade; depois qualquer coisa serve de gatilho para tragédias como esta.

      Eliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.