quinta-feira, 1 de junho de 2017

DIA DA CRIANÇA - DIA DE ALGUMAS CRIANÇAS

neste dia, em 2016, partilhei o texto que reproduzo abaixo.
Hoje, por maioria de razão e porque todos os dias desaparecem crianças que temos obrigação de proteger e não o fazemos, repito a dose.
Sim, eu sei que sou chata.
Sim , eu sei que sou desmancha prazeres.
Sim, eu sei que "tenho a mania que sei mais mais que os outros" ( isto não é verdade, mas quem como eu se expõe, sujeita-se a todo o tipo de avaliações e não faz mal - eu aguento facilmente )
Sim, eu sei muita coisa.
Mas também sei que, se não gosto do rumo que o mundo tem vindo a tomar, tenho obrigação moral e ética de fazer alguma coisa.
A parte da denúncia é a mais fácil e nem mesmo essa a maioria das pessoas acham prioritária. Eu acho...e faço.
O resto que faço não interessa divulgar - é comigo, com a minha consciência e com a dos que consigo alcançar com os meus pequenos gestos.
Aqui fica o meu contributo para este Dia Mundial da Criança que hoje se celebra - o tal texto que escrevi em 2016 e no qual me revejo, passado um ano, ainda com mais acuidade.
:::::::::::::::::::::::::::::::::::
É...efectivamente hoje é o dia Mundial da Criança ( alguns países celebram o dia a 20 de Novembro mas isso, para o caso é irrelevante ), mas a verdade é que 80% das crianças do mundo, não só não fazem ideia que este dia existe, tal como o "Mundo" se esqueceu que elas existem.
Pior...o "Mundo" que as devia proteger, usas-as como cobaias ou " danos colaterais" do chamado" progresso".
Não me refiro apenas ao tráfico, prostituição e venda de crianças , problema mais do que conhecido e com os países "ditos" civilizados a assobiarem para o lado.
Refiro-me também a uma outra vertente tão ou mais negra do que a que acabei de referir - ao uso de crianças, como cobaias em testes de medicamentos por parte dos lobbyes das farmacêuticas e com a conivência dos países de ambos os lados da barricada.
Pois é...hoje é o dia Mundial da Criança...mas só para alguns.
Mesmo para muito poucos na realidade.
A minha total solidariedade para com os desaparecidos e a minha enorme revolta por todos os outros , milhares, escravos, cobaias humanas, explorados física e psicologicamente pelos verdugos que mandam no mundo.
Pensemos apenas por um instante nos milhares de crianças que já desapareceram neste dois últimos anos , só no âmbito da crise dos refugiados e temos todos os motivos para não sermos capazes de sorrir.
Por isso repito...hoje é o dia Mundial da Criança...mas só para alguns.


2 comentários:

  1. Este comentário é repartido entre a Graça Costa e o Ernesto Silva.
    Denunciar desigualdades é um dever cívico. Denunciá-las em relação a crianças, mais do que um dever, é um imperativo. Parabéns aos dois por nunca se calarem, mesmo que a voz doa.

    ResponderEliminar
  2. muito obrigada - concordo consigo que é um imperativo moral e ético. No dia em que me calar, é porque morri .
    bom fim de semana

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.