sábado, 26 de março de 2016

A Páscoa



A Páscoa, tal como outras épocas festivas de verdadeiro cariz religioso, mais não é para os gentios ocidentais de hoje uma festa meramente pagã, na qual a ostentação, o bem-estar e a barriga farta são a santidade que se comemora.
Por isso, os criminosos extremistas do propalado DAESH bem sabem a terra que pisam e as criaturas que matam, porque sabem também que o materialismo é o único deus que os ocidentais veneram.


José Amaral

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.