quinta-feira, 31 de março de 2016

O PODER TEME AS CRIANÇAS

Segundo o padre Mário de Oliveira, o maior medo do Poder é o "da menina, do menino que vive, em estado puro, em cada criança". Daí que o Poder invista tanto nas crianças, acompanhando-as quase em exclusivo através da escola, da família, dos media, da publicidade, das diversões, das novas tecnologias. O Poder sabe que o menino que vive em cada criança recém-nascida é potencialmente subversivo, capaz de o pôr em causa e derrubar. Por isso, o poder tudo faz para domesticar, formatar e matar a criança. Os próprios pais, na sua esmagadora maioria, entregam os filhos ao poder, ao forçá-los a serem competitivos e a terem uma vida de dinheiro e de sucesso. Daí que as crianças de ontem sejam hoje adolescentes, adultos ou velhos sem alma, identidade ou originalidade. É todo um sistema podre que estraga a infância e a juventude, que nos torna escravos do relógio e do trabalho. Um sistema assassino que destrói a vida e a alegria.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.