domingo, 20 de março de 2016

DESEQUILÍBRIOS

                                                COMO É LINDA A VIDA SELVAGEM…

Há na minha região uma fauna selvagem linda de se ver, protegida por lei, mas poucos imaginam os custos que as populações suportam, porque é das culturas agrícolas e dos animais domésticos que os lobos, javalis e garranos se alimentam quando não encontram nos montes aquilo de que precisam para sobreviver.
Só os lobos, 11 alcateias no Minho, deram cabo de dois mil animais no espaço de um ano. “Enquanto me lembrar do massacre, não quero outro rebanho” – diz um criador de ovelhas ao JN. “Fiquei muito agoniado, chorei, gritei, parecia um maluco”.
“Às tantas, pensam que vamos comer lobos” – diz outro criador – comentando a discrepância entre a protecção aos lobos e a demora nas indemnizações às vítimas. É que, mesmo perante o historial que já há e todas as evidências, os decisores nunca acreditam à primeira que tenham sido os lobos a causar os prejuízos, atirando à cara dos criadores de gado que podem ter sido cães vadios…
E o mesmo acontece com os garranos e javalis, que, quando descem aos campos, com as culturas em desenvolvimento, causam estragos irreparáveis, mas, como sempre acontece de noite e ninguém viu que tipo de bicho foi, arranjam  a desculpa de que pode ter sido outra coisa qualquer que não os animais protegidos.

                                               Amândio G. Martins


Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.