domingo, 26 de fevereiro de 2017

A CIDADE LIVRE DE ZECA AFONSO

Mesmo antes de nascermos a "sociedade" já determina uma boa parte do que vamos ser. Mesmo antes de nascermos já somos dinheiro e trabalho. Mesmo antes de nascermos a vida já está algo deteriorada. E depois metem-nos o medo, a insegurança, a ignorância na cabeça. Poucos conseguimos ser nós mesmos. Poucos somos como Sócrates ou Jesus. Cedo nos privam da juventude e da infância. Cedo nos impõem "juízo". E só às vezes nos libertamos: concertos rock, danças, rebeliões, manifestações políticas ou artísticas. Urge, urge mesmo acabar com esta prisão que nos sufoca e com os nossos carrascos no sentido de construir a cidade livre que cantava Zeca Afonso.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.