quarta-feira, 12 de abril de 2017

A 12 de Abril de 1921 - António José de Almeida, profere num banquete, que Portugal deseja continuar as tradições dos seus maiores e modernas investigações





António José de Almeida, único presidente da I República Portuguesa que cumpriu integralmente o mandato de quatro anos para que fora investido, profere, a 12 de Abril de 1921, num banquete de gala em honra de missões estrangeiras que vieram a Portugal, o seguinte discurso “Portugal é um velho país, que deseja continuar as tradições dos seus maiores, e, assim como as modernas investigações historiográficas estão relevando novos e importantes aspectos da nossa antiga epopeia de descobridores e conquistadores – o que nos engrandece ainda mais no conceito do mundo – assim também os observadores atentos podem notar que, actualmente, entre nós, se estão multiplicando os fenómenos de ordem política e social que hão-de conduzir este povo a um destino glorioso, que será, historicamente, a continuação do destino de outrora”. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.