domingo, 30 de abril de 2017

Privacidade

Não quero que me contes da vida
Coisas que só te dizem respeito
A privacidade é um teu direito
Mas nunca a deixes desprotregida.

E não a tenhas por adquirida
Como se tudo fosse perfeito
Desconfia sempre desse sujeito
Que se imiscui além da medida…

Não desbarates a privacidade
Expondo-te sem necessidade
Só para mostrar que também existes.

Existes sem o mostrar à cidade
E se buscas mais felicidade
Procura dar amor. aos que são tristes!

Amândio G. Martins


Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças. Não diga aos outros o que não gostaria que lhe dissessem. Faça comentários construtivos e merecedores de publicação. E não se esconda atrás do anonimato. Obrigado.