terça-feira, 23 de agosto de 2016

Rescaldo das últimas olimpíadas

Acerca do que alguns olímpicos portugueses afirmaram - após não terem obtido um lugar no pódio dos deuses na Terra, de que se tivessem as mesmas condições dos atletas de outras nações em compita, outro galo lhes cantaria -, vimos muito respeitosamente alertá-los e questioná-los para o seguinte ponto: que melhores condições tiveram, por exemplo, Carlos Lopes e Rosa Mota?
Em relação a Telma Monteiro, uma das atletas lusas mais tenazes e estóicas que conhecemos, ela afirmou que ‘a minha força veio dos obstáculos que venci e de todos os que em mim acreditavam’. E mais acrescentou: ‘também sou forte e determinada fora dos tapetes’.
Finalizando, só vos pedimos, atletas do meu país, não deitem culpas a ninguém quando fracassais, mas, cumprindo, isso sim, os três valores fundamentais do espírito olímpico: RESPEITO, AMIZADE e EXCELÊNCIA.


José Amaral

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.