sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

A Direita ensandecida

A Direita ensandecida, quiçá também a extrema-direita, bem como todos os ressabiados que queriam a todo o custo a privatização das suculentas mamas da CGD, chamaram mentiroso ao ministro das Finanças, acerca do famigerado caso da ocultação ou não da declaração de rendimentos de António Domingues e da sua equipa à liderança da CGD.
Após, na AR, o primeiro-ministro ter defendido o ministro das Finanças, também o senhor PR fez o mesmo.
Mesmo assim, levianamente, a oposição continua com tal acusação, numa perspectiva muito nefasta, nada acrescentando de positivo para o desempenho dos órgãos que representam o Estado, o país e a nação.


José Amaral

1 comentário:

  1. Não se tapa um erro com outro erro. Os PSD e CDS têm um evidente intuito de interesse político e financeiro, mas o governo andou muito mal com tudo desde o princípio. Porquê o António Domingues era o "único" (A. Costa dixit)? Porquê um estatuto à medida para ele? Porque lhe foi permitido (não se sabia donde vinha?) reivindicar a não entrega ao TC dos seus redimentos? Depois queixam-se destes ataques interesseiros da direita? Juntam-se a ela nos bastidores e dá nisto!

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.