terça-feira, 11 de abril de 2017

"Encanudados", "doutores" ou simplesmente... javardos?

Nesta história dos jovens portugueses que praticaram distúrbios em Espanha, chamou-me a atenção o facto de muitos escribas terem chamado, sibilinamente, a estes que eu designei por "meninos", por futuros encanudados e doutores, com e sem aspas. Porque não, comerciantes, industriais, administrativos, bancários, jornalistas, futebolistas e por aí fora? Esta sanha, meio oculta, aos licenciados dá que pensar. Talvez os que escrevem assim gostassem mesmo era de lhes chamar  "intelectuais" mas o que lhes sobra em insinuação freudiana falta-lhes em clareza de espírito e verdadeira liberdade interior. Talvez o que quisessem perguntar fosse se "os javardos de hoje seriam os javardos de amanhã", tão somente. Doutores ou não, tanto vale!

Fernando Cardoso Rodrigues

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.