quarta-feira, 27 de julho de 2016

DESTRUIR PARA CONSTRUIR

Destruir para construir, para derrubar de vez esta sociedade desumana, como preconizava Bakunine. Claro que nada temos a ver com Alá, nem com Deus, nem com o Daesh. Mas também nada temos a ver com esta corrida desenfreada pelo lugar, pela carreira, pelo dinheiro, com este atropelo permanente. Nem sequer somos escravos do trabalho, do mercado ou da compra e venda. Procuramos o amor, a liberdade e a dignidade humana, não esta prisão, não esta farsa, não esta ditadura capitalista. É impossível chegar a um compromisso, a um acordo com os mercadores, com os carrascos, com os capitalistas. É preciso destruir, camaradas. Eles transformaram a vida num inferno, num sítio esquizofrénico. Nada de reformas do capitalismo como defendem o BE ou o PCP. Não há negociações possíveis. Ou és nosso ou és deles. Chegou a hora. Decide-te.

1 comentário:

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.